O Diabo e o rock

Não acredito na existência do Diabo (ou Satã, Satanás, Lúcifer, Belzebu, Mefistófeles, Anhangá… não importa o nome que se dê a ele).

Não, ele de fato não existe. Na minha concepção da vida e da religião, é até ilógico que exista tal criatura.

Mas se existe mesmo, é um tremendo idiota, um otário, um boçal, pois acha que controla o mundo e a nós todos; porém, nós é que mandamos nele, já que até pomos em suas costas a culpa de tudo de errado que fazemos…

Estamos levando vantagem sobre ele, então. Fazemos nossas estripulias e ele paga o pato! Sim, somos muito bons nisso.

Se ele existe mesmo, a única coisa cuja autoria se lhe pode atribuir é o rock and roll, como dizia Raul Seixas:

O Diabo é o pai do rock, foi ele que me deu o toque.

Anúncios

Bette Davis Eyes

À L. C.

Os olhos de Bette Davis são mais belos que os teus olhos,
Mas os olhos de Bette Davis não são mais belos que os teus olhos
Porque os olhos de Bette Davis não são os teus olhos.

Inspirado por Fernando Pessoa: “O Tejo é mais belo que o rio…”